“UMA HISTORIA”

Um dia contaram-me esta historia, “ era um menino, muito traquina, velhaco e mesmo mau por vezes, passava os dias a brigar  com toda a gente, com os outros meninos lá da escola, com os irmãos e até mesmo com a mãe, esta, ao aperceber-se que cada vez o seu filho estava mais agressivo e sem ninguém que quisesse brincar ou estar com ele, um dia sentou-o no seu colo com aquela ternura e saber que só as mães sabem ter e disse-lhe: -“Meu querido filho, a partir de hoje cada vez que te chateares ou zangares com alguém não lhes batas, não lhes chames nomes, pega numa tábua e em vez de despejares a tua ira nos outros crava nessa tábua, com toda a força que conseguires aplicar no martelo, um prego, até ao dia em que já não tiveres raiva para lá cravares qualquer prego”. Os dias passavam e o pequeno rebelde foi a pouco e pouco cravando menos pregos, um dia chegou alegremente junto da mãe e gritou –“Mãe, mãe hoje já não cravei nenhum prego na tábua”- A sua mãe então disse-lhe, “Agora retira todos os pregos da tábua”  e ele assim fez .- “Olha mãe, já não tem nenhum” – ao que a mãe respondeu, – “Olha meu filho, estás a ver, retiraste todos os pregos da tábua, mas já reparaste quantos buracos deixaste?, vão passar muitos anos, esses buracos irão sarar mas as cicatrizes já mais se apagarão, os buracos não mais se preencherão. Sabes filho se levares a vida a cravar pregos nas pessoas, será como na tábua, por mais que os retires e que as feridas sequem, nunca irás apagar as cicatrizes, os buracos e a lembrança que ali lhes cravaste um prego”.  É obvio que ficcionei a história e a contei à minha maneira e lhe arranjei os personagens que mais me agradaram, mas, o objectivo é o mesmo, se em vez de nos apressarmos a despejar a nossa ira sobre os outros em vez de pararmos e cravar porque não um prego na nossa própria raiva, porque assim as feridas não estariam nos outros, mas em nós próprios e talvez isso nos ensinasse a viver e a permitir aos outros viver melhor…    

menssagem – zegoncalez@sapo.pt

Deixe um comentário

Ainda sem comentários.

Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s