“A caminho da felicidade…”

            “Um dia perguntei a um velho amigo o que era preciso para se ser feliz. A resposta não podia ser mais eloquente:

         – “Vive cada dia como se fosse o último. Acredita em ti e nas tuas capacidades. Sem nunca esqueceres os outros e respeitando-os vive de acordo com a tua consciência. Põe felicidade no que fizeres e por fim vive da e para a verdade.”

         Depois do que me disse, tentei decompor a sua resposta e fui de afirmação em afirmação, para ver se tinha percebido tudo bem, assim:

         – “Bom, vive cada dia como se fosse o último?

Isso quererá dizer que não me devo importar com o ontem e com o amanhã, que devo esquecer de onde vim e para onde vou, hoje estou aqui, sou importante, nada me importa quem me ajudou e não estarei interessado em quem possa aparecer amanhã, hoje estou cá, o que conta sou eu e amanhã, como se costuma dizer, quem vier que feche a porta.

Acredita em ti e nas tuas capacidades?

Ou seja sou o melhor, tenho as melhores qualidades e vou chegar longe.

Sem nunca esqueceres os outros e respeitando-os vive de acordo com a tua consciência?

Portanto os outros estão ali para me servir e deverei utiliza-los da melhor forma possível, devo ter noção que o meu caminho é que está certo e que as minhas ideias, apesar de poderem não ser iguais às dos outros, porque são as minhas e eu tenho capacidade, são as que estão sempre certas.

Põe felicidade no que fizeres?

Mais uma vez, de sorriso nos lábios, lutarei obstinadamente pelo que quero, mesmo pisando ou magoando, isso nada interessa, a sorrir continuarei o que importa é a forma que escolhi para atingir os meus objectivos e quem aparecer no caminho, ou quem se sentir incomodado que se desvie, pois seguirei de brilho nos olhos mesmo que isso implique tristeza ou desencanto nos outros.

Vive de e para a verdade?

Claro, o que digo é sempre a verdade, porque sou eu que o digo, quero lá saber se nem todos assim pensarem a minha verdade será sempre absoluta e de acordo com os meus pontos de vista, até porque a nossa verdade jamais é mentira, às vezes os outros é que estão do outro lado e não têm capacidade para perceber e entender as nossas palavras e atitudes.”

No final da minha nobre exposição e julgando eu ter feito uma leitura correcta dos conselhos que me havia dado, respondeu-me assim:

– “De facto há muita gente que vive assim. Fizeste a leitura mais correcta que alguma vez ouvi. Estás no caminho certo. O teu futuro está logo ali e a tua vida só pode ter um caminho.

1º De facto há muita gente que vive assim, leva uma vida miserável.

2º A leitura é a mais correcta de sempre para quem julga ser seu o mundo e que os outros pouco ou nada contam e que apenas cá andam para nos servir, que nós somos de facto os melhores e os mais importantes. Vivendo no egoísmo e na vaidade.

3º Numa vi caminha mais certo para o abismo.

4º O teu futuro está enterrado no presente, não há que vá contigo ou te suporte.

5º E ultimo, a tua vida não tem outra hipótese se não a da destruição, do ódio, da mentira e falsidade. Vives para ti e por ti, não tens outra saída, amanhã estás sozinho.

Deixo-te um conselho final, vai para casa, reflecte sobre o que te disse e pensa no que me disseste, dorme descansado e amanhã, acorda como se o dia de hoje não tivesse existido e tudo não tivesse passado de um pesadelo é que ainda estás a tempo de tornares num homem bom e de viveres um vida feliz. Basta fazeres exactamente o contrário de tudo o que aqui convencidamente me apresentaste como sendo o correcto…”

Anúncios

Deixe um comentário

Ainda sem comentários.

Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s