“Vou ter contigo ao passado”

I

Só Deus sabe o sofrimento

Que veste cada momento

Da minha vida vazia

A cama que ontem foi tua

Está hoje mais só e nua

Está hoje mais triste e fria

 

II

Não mais mudei os lençóis

Testemunhas de nós dois

Nessa louca primavera

A almofada que deixaste

E tudo o que abandonaste,

Ainda estão à tua espera

 

III

Guardo o perfume das flores

Daqueles brancos Amores

Que de tão secos, me ferem.

Na jarra não mais toquei

E os meus olhos não sequei

Porque sei Qu`inda te querem

 

IV

Talvez tu não voltes mais

Mas vou pedir aos pardais

Que se aninham no beirado

Que partam bem de manhã

E te digam que amanhã

Vou ter contigo ao passado

 

 

 

Fiz para oferecer à Maria João Quadros, Estremoz, 11 de Janeiro de 2009

Anúncios

Deixe um comentário

Ainda sem comentários.

Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s