“Para lá do mistério que é ser nada…”

“Hoje apeteceu-me voltar a colocar aqui este texto, foi originalmente publicado em Novembro de 2008”

         “Fui para lá da madrugada, ali onde não estou, onde o mar chora esta ausência prolongada. Fui para lá do meu tempo, desci a rua de silêncios profanada, vesti-me de medo e sofrimento para lá do mistério que é ser nada.

         Galguei a Lua, beijei a estrela mãe, pobre e crua com saudades de ninguém. Ouvi ao longe, muito ao longe um rouxinol e um velho monge em orações ao grande sol. Pobre rouxinol, de canto ousado outrora feito luz e paixão, agora moribundo, de olhar estranho e depenado, e o velho monge de vestes rastejantes e imundas, revoltado, enraivecido, de palavras atiradas contra o mundo.

         Pela montanha, deixei que o meu veneno abraçasse, a mais daninha das ervas estridentes, como grito de palavras que lançasse, labaredas de angústias, dor tamanha, árvores plantadas nas nortadas, contra ventos de desejos tão morrentes como a lava adormecida pelas estradas.

         Braços, para que vos quero? Não unem mais os pensamentos transportados, através do frágil tempo dos meus dedos, sempre perto da lonjura dos caminhos, sempre longe desse vento em roda viva, numa roda contra a roda dos moinhos.

         E vós meus amigos, por onde andam? Pelos mares? Pelos Céus? Pelas montanhas? Pelo luar dessas noites já sem Lua? Ou estais como eu, para lá do alcançável, para lá da ilusão dessas conquistas, apenas encontradas nas esquisitas, relutantes, sinuosas alvoradas, dessas noites de loucuras cintilantes, quando o sol já deixava enegrecer, o globo das vitórias desejadas…”

        

Deixe um comentário

Ainda sem comentários.

Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s