“Adeus Raul Solnado…”

          Não foi uma, nem foram duas, as vezes em que tive a oportunidade de privar com Raul Solnado, mais, tive esse prazer único e indescritível de cantar a seu lado, no mesmo palco, o mesmo fado. Em Alenquer, e numa festa organizada por si, para os doentes de trissomia 21, vulgo mongolismo, em que para além de mim, esteve o António Pinto Basto, e a Sancha Costa Ramos. Meu amigo, aquele sorriso único que me deu quando cantamos juntos, aquelas quadras soltas, no mesmo fado, será o que irei guardar para sempre. Eu adorava-o, por tudo, mas pelo seu coração, não essa matéria que agora o traiu, não, esse de fé e coragem, de bondade e humildade, jamais me esquecerei Raul…

       – “Escolhe sempre o caminho mais difícil, só esse nos leva a algum lado, o fácil, qualquer um percorre, o difícil, só os únicos, mas sobretudo os humildes, que têm a coragem de se por à estrada, escondidos, sem alaridos, sem dar nas vistas, ao abrigo da lua, à procura do sol. E depois, de encontrado o sol, e de saber o que custou o caminho, voltar para trás, e ir buscar mais e mais, e quantos mais melhor, para dividir a luz, que o sol só é bonito quando é dividido. Porque a nossa sombra só é bonita se houver alguém, ao nosso lado, a saborear o mesmo sol e a apreciar a nossa sombra. Nunca te esqueças, Uma sombra é triste, duas têm algum brilho, um milhão, é lindo, e impedem que o chão queime. Amortecem o impacto e impedem que as almas se queimem ao cair”.

         A toalha não reclamou da dor infligida pela caneta, e eu não reclamei das palavras, apenas as agradeci, e ainda hoje tento, em cada dia, colocar-me ao sol, e humildemente partilhar o espaço que me oferece a sombra, e encontrar-me recortado, entrecortado, com todas as outras sombras.

Obrigado Raul!

2 comentários

  1. Adeus Raul Solnado, até sempre!
    É assim que me despeço deste grande senhor do humor em Portugal.
    Foi com toda a certeza o melhor humorista português. Aos 79 anos partiu mas jámais irão ser apagadas da nossa memória as histórias que nos deixou e que tanto fazem sorrir, como é bom recordar ( a ida à guerra) e tantas outras que com enorme sabedoria e simplicidade ele conseguia fazer e nos fazia rir.
    Até sempre Raul, e como ele disse:
    “façam o favor de serem felizes.”

  2. Amigo Zéi espero bem que o próximo executivo camarário o convide para aproveitar o que de melhor vc tem. Tenho a certeza que se o Tó-Zé Ramalho ganhar as eleições é minha convicção que ele o convidará para dirigir como Director a Empresa que se vier a formar para organizar as Feiras e os Espectáculos porque com o Fateixa já se viu que vc não vai lá. Abraços e beijos


Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s